FBPixel
Ao navegar neste site está a dar o seu acordo às Condições Gerais de Utilização e à Política de Privacidade e Proteção de Dados Pessoais. Leia-as atentamente.
MyFidelidade App
Simulador
Quem simula toma as melhores decisões
Porque uma boa escolha é uma escolha informada

Fidelidade

Conscious Business

Iniciativas We Care

​"Telas de Cor e Amor" - a exposição

A exposição ”Telas de Cor e Amor” esteve patente na Galeria Chiado 8, em Lisboa, de 8 a 22 de maio. Durante os 17 anos em que viveu num lar e com a ajuda do seu fisioterapeuta, José Caldeira começou a pintar com a boca e descobriu uma vocação que desconhecia ter. Começou por pintar desenhos de paisagens que, aos poucos, foram ganhando cor, movimento, vida.

Telas de Cor e Amor - a exposição

 

 

 
quadroA.png
Abstrato
 50 x 70 cm
 óleo sobre tela
 

 

 

quadroB.png 
Casa dos arcos
 60 x 80 cm
 óleo sobre tela
 

 

 

quadroC.png 
Casa dos arcos
 60 x 80 cm
 óleo sobre tela
 

 ​

Durante os 17 anos em que viveu num lar e com a ajuda do seu fisioterapeuta, José Caldeira começou a pintar com a boca e descobriu uma vocação que desconhecia ter. Começou por pintar desenhos de paisagens que, aos poucos, foram ganhando cor, movimento, vida. Pode parecer fácil,mas o trabalho envolve noções de perspetiva, profundidade, sombreamento e textura, técnicas bastante complexas para alguém com as limitações da tetraplegia.
 
No lar, José Caldeira conheceu Adriana Alves com quem casou e decidiu ir viver para o Brasil. Foi no Estado de São Paulo, em Sorocaba, que começou a pintar a óleo e aprofundou a sua técnica com as professoras Danielle Averengue e Edimaura Passos.
 
José Caldeira faz parte da Associação de Pintores com a Boca e os Pés (APBP), entidade fundadaem 1956 por Erich Stegmann, e tem os seus trabalhos expostos em vários países.
Hoje a viver de novo em Portugal, José Caldeira está a ter aulas de pintura com o mestre João Galhofo.