FBPixel
Ao navegar neste site está a dar o seu acordo às Condições Gerais de Utilização e à Política de Privacidade e Proteção de Dados Pessoais. Leia-as atentamente.
MyFidelidade App

Cuidados a ter nas festas

Cuidados a ter nas festas de natal e fim de ano

​Sem dúvida que as comemorações de final de ano são dos momentos mais esperados do ano. É o momento onde as pessoas se reencontram, mas essa nostalgia muitas vezes resulta em descuido com os parceiros do dia-a-dia, os pets.
Para além dos presentes, esta época também oferece várias situações de risco para o seu animal de estimação. Por incrível que parece as clínicas veterinárias enchem com casos que na maioria das vezes poderiam ser evitados com alguns simples cuidados.

Se nós consideramos uma altura de agitação, imagine como será para o seu companheiro, visto que as rotinas mudam drasticamente.
Com um planeamento e conhecimento certo é possível fazer com que ele aproveite esta altura, sem que corra riscos.

Árvore 
Comece pela árvore, evite pinheiros naturais, porque os galhos podem ser bastante perigosos e opte por uma árvore sintética, dessa forma também retira a hipótese de envenenamento devido aos fertilizantes.
Quanto menor for a árvore, menor será o risco de quedas e se for o caso de ter gatos, pode sempre enrolar papel de alumínio no tronco.
Deixe a árvore, afastada dos móveis e sem decoração, durante um bom período, para que eles aprendam a conviver com a mesma, só depois é que pode começar a adicionar os enfeites gradualmente.

Decorações natalícias 
É nesta altura que começam os reais problemas, pois o seu “amigo” facilmente pode confundir os adereços com brinquedos divertidos. Qualquer objeto pode representar perigo, bolas, fitas ou laços podem ser facilmente engolidos. 
Uma boa alternativa são decorações de peluche.

As Luzes podem se tornar um problema e causar queimaduras, e é também importante tomar algum cuidado com os fios expostos ou encontrar luzes a pilhas.

Convidados e muita agitação
Tal como foi dito acima, para nós o reencontro de pessoas é óptimo , mas se for reflexo de muitas pessoas em casa, pode fugir completamente da rotina do seu pet. 
A agitação e barulho fora do normal não fazem bem, principalmente se falarmos de gatos.
Dependendo da personalidade do seu pet, cogite a hipótese de um hotel para animais.

A alimentação 
Talvez o maior problema nesta quadra e a maior causa de ida às emergência.
Para que isto não suceda, evite dar pedaços das refeições para evitar diarreia ou até algo mais grave. Restos de aves com ossos também devem ser evitados.

Resista aos olhares doces e eduque os seus convidados a fazerem o mesmo esforço.
Caso não queira deixar o seu pet fora da ceia, existem lojas com produtos específicos que podem ser uma boa opção.

Bebidas
Casos de animais domésticos com coma alcoólico não é são tão raros como pode parecer, isto porque as pessoas deixam o copos espalhados e o álcool tem uma absorção mais rápida no organismo dos patudos e que pode também resultar em náuseas, vómitos ou problemas respiratórios.

Fogos de artifício
Os animais têm uma sensibilidade muito aguçada em relação aos sons e o barulho dos fogos de artifício não são excepção. Para ter uma ideia, para um cão o barulho desta pirotecnia faz o equivalente a uma explosão de uma bomba atómica. 

Situações de fuga ou sustos são bastante recorrentes e são aconselháveis medidas como, estar sempre ao lado, tentar tranquilizá-los ou colocar um pouco de algodão nos ouvidos.

A preocupação com o seu animal de estimação deve durar todo o ano, principalmente  no final do mesmo, mas por mais conselhos que tenhamos para si, tenha sempre o seu pet protegido com um seguro como o Fidelidade Pets​, que em caso de necessidade o apoiam via telefone ou enviam um veterinário à sua morada.
Não se esqueça, sempre que preparar as suas festas de fim de ano, inclua os seus animais, que eles vão agradecer.